terça-feira, 28 de julho de 2020

"Por Tudo Que Amamos"

"Preciso do tilintar da chuva no telhado, dos trovões e relâmpagos percorrendo o céu, para que o silêncio seja acionado...isto faz parte do meu existir, trazendo calmarias para o corpo que adormece...o barulho da chuva acalma minhas inquietudes...os trovões aceleram o sentido, que calmamente busca um lugar para o repouso da alma...quando os relâmpagos rasgam o universo, os fachos de luz aceleram as batidas do coração...preciso deste ritmo dentro de mim...basta um tempo assim, para que minha alma flutue numa paz medonha...até as aves barulhentas silenciam, harmonizando a natureza". "A distância que separa um abraço, é a mesma que aproxima dois corações...acharmos que não fará diferença a repetição do mesmo ato, é o mesmo que matar a sede e destruir a nascente...somos dependentes daquilo que praticamos...o que pouco se vê, muito se perde e cai na dormência...aonde estiver, mantenha acesa a chama que faz o composto de uma existência...o silêncio é bom para se ouvir, mas não cale dentro de si, aquilo que permanece melodioso...nem deixe arquivado, o que deve ser visto a cada momento...o que não se move, cria parasitas...a alma precisa resplandecer" Galeno Serrano🐎

Nenhum comentário:

"O Canto do Tempo"

"Amazonia é do Brasil"

Vai vendo o que os ambientalistas queriam, tadinho deles, queriam tanto nos ajudar, néh!! Nossas riquezas minerais, é o que querem, estão po...